Conversa entre

Lençois

 

 

A necessidade de se estar em “residência” neste momento abrange, para além do sentido do uso artístico vinculado à palavra, um novo ritual de cuidado para com o outro. Com a reclusão obrigatória, em que lugar se encontra nossa pulsão vital e criativa? Continuamos a produzir arte? Como está se dando esta produção? Pensando em novas organizações de geografia dos lugares, surgem questões. Habitar é o ritual da transformação. O intuito da proposta “Conversas entre lençóis” é buscar desenvolver essa arqueologia do cotidiano, refletir sobre o contexto dos religamentos afetivos nesse momento de isolamento e escassez de uma programação social. Criando um olhar atento ao trivial, enxergando a membrana poética nos acontecimentos do dia à dia.

 

GabiBandeira.com | 2016

Design: HugoSentinelli.com